Análise da obra Um útero é do tamanho de um punho

Veja a análise completa da obra e faça os exercícios de aprofundamento

Exercícios

Questão 01


mulher de um homem só


lá vem a mulher

de um homem só

só pela rua deserta

em sua bicicleta

sem bagageiro


está passando

a mulher de um homem só

só pela rua deserta

em sua bicicleta

sem bagageiro


acabou de passar

a mulher de um homem só

só pela rua deserta

em sua bicicleta

sem bagageiro


silêncio

 

                   Angélica Freitas – Um útero é do tamanho de um punho


  Dentro do contexto social, a expressão “mulher de um homem só” tem valor positivo. Por que se pode afirmar que neste poema essa expressão possui um valor negativo? Como a palavra “só”, repetida nas três primeiras estrofes confirma isso?





Questão 02


as mulheres são

diferentes das mulheres

pois

enquanto as mulheres

vão trabalhar

as mulheres ficam

em casa

lavando a louça

e criam os filhos

mais tarde chegam

as mulheres

estão sempre cansadas

vão ver televisão.


                               Angélica Freitas – Um útero é do tamanho de um punho


Aponte o jogo de sentido ligado à palavra “mulheres” e a crítica sublinear deste poema.




Questão 03


Enem

o que será que ela quer

essa mulher de vermelho

alguma coisa ela quer

pra ter posto esse vestido

não pode ser apenas

uma escolha casual

podia ser um amarelo

verde ou talvez azul

mas ela escolheu vermelho

ela sabe o que ela quer

e ela escolheu vestido

e ela é uma mulher

então com base nesses fatos

eu já posso afirmar

que conheço o seu desejo

caro watson, elementar:

o que ela quer sou euzinho

sou euzinho o que ela quer

só pode ser euzinho

o que mais podia ser

FREITAS, A. Um útero é do tamanho de um punho. São Paulo: Cosac Naify, 2013.

No processo de elaboração do poema, a autora confere ao eu lírico uma identidade que aqui representa a


A) Hipocrisia do discurso alicerçado sobre o senso comum.

B) Mudança de paradigmas de imagem atribuídos à mulher. 

C) Tentativa de estabelecer preceitos da psicologia feminina. 

D) Importância da correlação entre ações e efeitos causados. 

E) Valorização da sensibilidade como característica de gênero.



Questão 04

UFSC-2020


Texto 5


pós 

os homens as mulheres nascem crescem

veem como os outros nascem

como desaparecem

desse mistério brota um cemitério

enterram carcaças depois esquecem

 

os homens as mulheres nascem crescem

veem como os outros nascem

como desaparecem

registram registram com o celular

fazem planilhas depois esquecem

 

torcem pra que demore sua vez

os homens as mulheres

não sabem o que vem depois

então fazem uma pós

 

os homens as mulheres nascem crescem

sabem que um dia nascem

noutro desaparecem

mas nem por isso se esquecem

de apagar o gás e a luz

 

FREITAS, Angélica. Um útero é do tamanho de um punho. São Paulo: Companhia das Letras, 2017, p. 54.


Com base no Texto 5, na leitura integral de Um útero é do tamanho de um punho, de Angélica Freitas, originalmente publicada em 2012, no contexto sócio-histórico e literário da obra e, ainda, de acordo com a variedade padrão da língua escrita, é correto afirmar que:

 

01. o termo “pós” no poema remete à passagem da vida e também pode ser associado pontualmente a um curso acadêmico.


02. a última estrofe do poema sintetiza a banalidade da vida, razão pela qual o eu poético afirma que é indiferente apagar o gás ou a luz.


04. em “veem” (versos 02 e 07), a vogal dobrada sinaliza a flexão do verbo “ver” na terceira pessoa do plural do presente do indicativo, tendo como sujeito “os homens as mulheres”.


08. o poema equipara o ciclo da vida de homens e de mulheres, o que contrasta com a maior parte da obra Um útero é do tamanho de um punho, em que são exploradas questões biológicas, construções sociais e relações afetivas da mulher.


16. os termos “crescem”, “nascem”, “desaparecem” e “esquecem” atuam como verbos intransitivos, uma vez que não necessitam de complemento.





Questão 05

UNICAMP-2020

Considerando o poema e a imagem, resolva as questões.


a)    Explique as ambiguidades presentes nas duas primeiras estrofes do poema.


b)    Que figura de linguagem é usada nos três últimos versos do poema? Justifique sua resposta.






Materiais complementares